ENTRE ENTRETER E INSTRUIR: LINGUAGEM E LITERATURA INFANTIL

Maurício Silva

Resumo


Entre entreter e instruir: linguagem e literatura infantil

Resumo: A linguagem infantil pode ser estudada tanto pela Linguística e pela Psicologia do Desenvolvimento quanto pela Pedagogia, sendo, portanto, abordada sob perspectivas distintas e chegando-se a resultados igualmente diversos. O presente artigo tem como objetivo discutir questões relativas à ocorrência da linguagem na e da literatura infantil, considerando tanto sua natureza pedagógica quanto estética. Para tanto, utilizaremos alguns exemplos retirados de autores da literatura infantil brasileira contemporânea.

Palavras-chave: Linguagem, literatura infantil, aquisição da linguagem, estilo.

 

Between entertaining and instructing: children's language and literature

Abstract: Children's language can be studied both in Linguistics and Developmental Psychology and in Pedagogy, and is therefore approached under different perspectives and reaching similarly diverse results. This article aims to discuss issues related to the occurrence of language in children's literature, considering both their pedagogical and aesthetic nature. This article points out some examples drawn from authors of contemporary Brazilian children's literature.

Key words: Language, children's literature, language acquisition, style.

 

Entre entretener y educar: lengua y literatura infantil

Resumen: La lengua de los niños puede ser estudiada tanto por parte de la lingüística y la psicología del desarrollo como la pedagogía, por tanto, se aborda desde diferentes perspectivas y llegar a resultados igualmente diversos. Este artículo tiene como objetivo discutir temas relacionados con la lengua y de la literatura infantil, teniendo en cuenta tanto su enseñanza como la naturaleza estética. Por lo tanto, vamos a utilizar algunos ejemplos de autores brasileños contemporáneos de la literatura infantil.

Palabras clave: Literatura, literatura infantil, adquisición del lenguaje, estilo


Palavras-chave


Linguagem, literatura infantil, aquisição da linguagem, estilo.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Caio Fernando. As frangas. Ilustrado por Suppa. São Paulo, Globo, 2002.

ALENCAR, Chico. Trapezunga e terreirão: uma fábula da Abolição. São Paulo, Moderna, 1991.

BEE, Helen. A Criança em Desenvolvimento. Porto Alegre, Artes Médicas, 1996.

BIAGGIO, Ângela M. Brasil. Psicologia do Desenvolvimento. Petrópolis, Vozes, 2001.

BLOCH, Pedro. Dito, o negrinho da flauta. São Paulo, Moderna, 1983.

CÂMARA JUNIOR, Joaquim Mattoso. Dicionário de Lingüística e Gramática. Petrópolis, Vozes, 1988.

DUBOIS, Jean et Alii. Dictionnaire de Linguistique et des Sciences du Langage. Paris, Larousse, 1994.

EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma introdução. São Paulo, Martins Fontes, s.d.

FIORIN, J. Luiz (org.). Introdução à Lingüística. São Paulo, Contexto, 2002.

FITTIPALDI, Ciça. O homem que casou com a sereia. São Paulo, Scipione, s.d.

FRYE, Northrop. Anatomia da Crítica. São Paulo, Cultrix, s.d.

FURNARI, Eva. Você troca? São Paulo Moderna, 1991.

_____. Travadinhas. São Paulo, Moderna, 1994.

_____. Mundrackz. São Paulo, Ática, 1998.

GEBARA, Ana Elvira Luciano. A Poesia na Escola. Leitura e Análise de Poesia para Crianças. São Paulo, Cortez, 2002.

LOPES, Edward. Fundamentos da Lingüística Contemporânea. São Paulo, Cultrix, s.d.

LUFT, Celso Pedro. Língua e Liberdade. O Gigolô das Palavras. Por uma Nova Concepção da Língua Materna. Porto Alegre, L&PM, 1985.

MALMBERG, Bertil. A Língua e o Homem. Introdução aos Problemas Gerais da Lingüística. São Paulo, Nórdica/Duas Cidades, 1976, p. 36).

MARCUSE, Herbert. A Dimensão Estética. São Paulo, Martins Fontes, 1981.

MENYUK, Paula. Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem. São Paulo, Pioneira, 1975.

ORTHOF, Sylvia. Os Bichos que tive (Memórias Zoológicas). Ilustração: Gê Orthof. Rio de Janeiro, Salamandra, 1983a.

_____. Maria vai com as Outras. Ilustração: Sylvia Orthof. São Paulo, Ática, 1983b.

_____. Bruzunduanga da Silva. Ilustração: Pat Gwinner. São Paulo, Melhoramentos, 1985.

¬¬¬¬_____. Dumonzito. O Avião Diferente (Passageiro Igual a Gente). Ilustração: Guto. Rio de Janeiro, Ao Livro Técnico, 1986.

_____. O Cavalo Transparente. Ilustração: Tato. São Paulo, FTD, 1987.

_____. A Família Eco-Eco. Ilustração: Tato. Rio de Janeiro, Imago, 1991.

_____. Bóia, Bóia Lambisgóia. Ilustração: Tato. Rio de Janeiro, Editora Lê, 1992.

_____. Avoada. A Sereia Voadora. Ilustração: Semíramis. São Paulo, Ática, 1995.

_____. Bagunça Total na Cidade Imperial. Ilustração: Tato. São Paulo, Paulinas, 1998

_____. Ciranda de Anel e Céu. Ilustração: Cláudia Scatamacchia. São Paulo, Global, 2000.

PAES, José Paulo. Olha o bicho. São Paulo, Ática, 1989.

_____. Poemas para brincar. São Paulo, Ática, 1990.

_____. Uma letra puxa a outra. São Paulo, Companhia das Letrinhas, 1992.

_____. Lê com crê. São Paulo, Ática, 1993.

_____. Um passarinho me contou. São Paulo, Ática, 2002.

PETERFALVI, Jean-Michel. Introdução à Psicolingüística. São Paulo, Cultrix, 1970.

RAPPAPORT, Clara R. et alii. Teorias do Desenvolvimento. Conceitos Fundamentais. São Paulo, EPU, 1981.

REGO, Lúcia L. Browne. Literatura Infantil: Uma Nova Perspectiva da Alfabetização na Pré-Escola. São Paulo, FTD, 1995.

RIBEIRO, Ésio Macedo. Brincadeira de Palavras: A Gênese da Poesia Infantil de José Paulo Paes. São Paulo, Giordano, 1998.

RIFFATERRE, Michael. "L'illusion référentielle". In: BARTHES, Roland et alii. Littérature et Réalité. Paris, Seuil, 1982, p. 91-118.

ROSA, João Guimarães. Fita verde no cabelo: nova velha história. (Ilustr. por Roger Mello), Rio de Janeiro, Nova Fronteira, 1992.

SANTOS, Fábio Cardoso dos & MORAES, Fabiano. Alfabetizar letrando com a literatura infantil. São Paulo, Cortez, 2013.

SANTOS, Joel Rufino dos. A botija de ouro. São Paulo, Ática, 1987.

SILVA, Vaneide Lima. “Em Busca da Surpresa e do Humor”. In: PINHEIRO, Hélder (org.). Poemas para Crianças. Reflexões, Experiências, Sugestões. São Paulo, Duas Cidades, 2000, p. 81-99.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Communitas

Revista Communitas é uma publicação eletrônica do Grupo de Pesquisas em Memórias, Identidades, Currículos e Culturas, do Centro de Educação e Letras no Campus Floresta de Cruzeiro do Sul da Universidade Federal do Acre. 

Contato: communitas.revista@ufac.br

 

  Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Apoio: