LITERATURA E MÚSICA: UMA LEITURA DO ROMANCE GALVEZ IMPERADOR DO ACRE, DE MÁRCIO SOUZA

Francielle Maria Modesto Mendes, Raildo Brito Barbosa

Resumo


LITERATURA E MÚSICA: UMA LEITURA DO ROMANCE GALVEZ IMPERADOR DO ACRE, DE MÁRCIO SOUZA

Resumo: Este artigo se propõe a analisar o papel desempenhado pela música na obra Galvez Imperador do Acre, do Márcio Souza. A proposta é observar como o autor faz a imbricação entre música e literatura, usando termos, gêneros, instrumentos musicais, danças, técnicas instrumentais, melodias, harmonias, ritmos, dentre outros aspectos. O escritor usa a música para explicar acontecimentos da obra e como recurso para realizar uma crítica social. Também entrelaça histórias encenadas em várias óperas às cenas do romance. Como referenciais bibliográficos foram usados os seguintes autores: Bakhtin, Grout e Palisca, Soerensen, entre outros.

Palavras-chaves: Literatura; Música; Galvez Imperador do Acre.

 

LITERATURE AND MUSIC: A READING OF ROMANCE GALVEZ EMPEROR OF ACRE, MÁRCIO SOUZA

 Abstract: This article proposes to analyze the music in the book Galvez Imperador do Acre by author Márcio Souza. The purpose is observe how the author makes the interweaving between music and literature, using terms, genres and musical instruments, dances, instrumental techniques, melodies, harmonies, rhythms, among other aspects. The writer uses music to explain events of the work and as a vehicle for social criticism. It also interweaves stories staged in various operas to scenes from the novel. As a bibliographical reference, the following authors were used: Bakhtin, Grout and Palisca, Soerensen among others.

Keywords: Literature; Music; Galvez Imperador do Acre.

 

LITERATURA Y MÚSICA: UNA LECTURA DEL ROMANCE GALVEZ IMPERADOR DEL ACRE, DE MÁRCIO SOUZA

 Resumén: Este artículo tiene como objetivo analizar el papel desempeñado por la música en el autor Gálvez Imperador do Acre, escrito por Márcio Souza. La propuesta es tener en cuenta cómo el hace solapamiento entre la música y la literatura, utilizando términos, géneros e instrumentos musicales, bailes, técnicas instrumentales, melodías, armonías ritmos, entre otras cosas. El escritor usa eventos musicales para explicar el libro y como un vehículo para hacer una crítica social. También entreteje historias llevaron a cabo varias óperas a las escenas de la novela. Como se utilizaron las referencias bibliográficas de los siguientes autores: Bakhtin, Grout y Palisca, Soerensen, entre otros.

Palabras clave: Literatura; la música; Gálvez emperador de Acre.


Palavras-chave


Literatura; Música; Galvez Imperador do Acre

Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, M.M. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1999.

BENNETT, Roy. Uma Breve História da Música. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editores, 1986.

CANCLINI, Nestor Garcia. Culturas Híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. 3ªed, São Paulo: USP, 2006.

DAOU, Ana Maria. A Belle Époque amazônica. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004.

FURTADO, Dário Osvaldo Dias. O Som na Palavra, a Música na Linguagem: a Música na Literatura Cabo-verdiana. Universidade de Cabo Verde - licenciatura em letras estudos cabo-verdianos e portugueses. Praia, 2010. Disponível em:

http://portaldoconhecimento.gov.cv/bitstream/10961/2030/1/A%20M%C3%Basica%20na%20Literatura.pdf Acesso em: 15/11/2015

GROUT, D. J; PALISCA, C. V. História da Música Ocidental. Lisboa: Gradiva, 2001.

GURRY, N. R. C. A voz de tenor: bases históricas da pedagogia vocal a partir do Bel Canto até os conceitos metodológicos da atualidade. Dissertação de mestrado. Programa de Pós Graduação em Música. Minas Gerais, 2014. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/bitstream/handle/1843/AAGS-9RPNEJ/n_stor_gurry_a_voz_de_tenor_disserta__o_mestrado_em_musica.pdf Acesso em: 10/11/2015.

MED, Bohumil. Teoria da música. 4º ed. Thesaurus. Brasília, 1986.

MENDES, Francielle Maria Modesto. Identidades híbridas: o lugar das personagens ficcionais em Coronel de Barranco. 98f. 2008. Dissertação. Mestrado em Letras: Linguagem e Identidade. Rio Branco. 2008.

PONDÉ, Luiz Felipe. Duas almas errantes. In: Theatro municipal de São Paulo - Ópera Aida - temporada 2013, p.18-21. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/upload/theatro_municipal-opera_aida-programa-web_1379082360.pdf Acesso em: 10/11/2015.

Projeto Musical: a alegria de uma sinfonia diferente. Disponível em: http://www.projetomusical.com.br/compositor/index.php?pg=mozart_obra02. Acesso em: 15/11/2015.

SADIE, Stanley. Dicionário Grove de Música. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1994.

SOERENSEN, Claudiana. A Carnavalização e o riso segundo Mikhail Bakhtin. In: Revista Travessias. Unioeste - Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Vol. 5, Nº 1 (2011). Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/travessias/article/view/4370/3889. Acesso em 15/11/2015.

SOUZA, Márcio. Galvez, imperador do Acre. São Paulo: Marco Zero, 1992.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Communitas

Revista Communitas é uma publicação eletrônica do Grupo de Pesquisas em Memórias, Identidades, Currículos e Culturas, do Centro de Educação e Letras no Campus Floresta de Cruzeiro do Sul da Universidade Federal do Acre. 

Contato: communitas.revista@ufac.br

 

  Licença Creative Commons Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

 

Apoio: