INFLUÊNCIAS DA PÓS-MODERNIDADE NO COTIDIANO ESCOLAR

Wagner Feitosa Avelino

Resumo


Com adventos tecnológicos, as relações entre o macro (sociedade) e o micro (escola) aproximaram diretamente da Educação Básica e essa instituição educacional, por sua vez, passa a ser o palco da concentração de culturas pós-moderna. O artigo tem como objetivo principal analisar o Cotidiano Escolar por meio das influencias da Pós-Modernidade. Como método, recorreu se a pesquisa bibliográfica, ao qual foram analisados teóricos pós-modernistas e cotidianista. Conclui se que tanto o fracasso escolar quanto o sucesso escolar tem a gênesis no contexto histórico-sócio-cultural relacionadas às inovações e comportamentos contemporâneos, possibilitando assim uma análise pedagógica, para o crescimento intelectual dos sujeitos que desempenham suas funções no contexto educacional em que estão inseridos. Os resultados do estudo indicam a necessidade de uma compreensão mais efetiva pela comunidade escolar, a partir de estudos e pesquisas que giram em torno de um espaço em plena mutação.


Palavras-chave


Conflitos. Cotidiano escolar. Educação Básica. Pós-Modernidade

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Mirian; et al. Escola e violência. Brasília: UNESCO, UCB, 2003.

ALVES, N. O espaço escolar e suas marcas – o espaço escolar como dimensão material do currículo. Rio de Janeiro: D, P & A, 1998.

ANDERSON, Perry. As Origens da Pós-Modernidade. Trad. Marcus Penchel. Rio: Zahar, 1999.

ANDRÉ, Marli Eliza Dalmazo de. Pesquisas sobre a escola e pesquisas no cotidiano escolar. EccoS – Revista Cientifica, São Paulo, v. 10, n. ESPECIAL, p. 133- 145, 2008.

AVELINO, Wagner Feitosa. O cotidiano escolar na Revista Brasileira de Estudos

Pedagógicos (1984-2014). Dissertação de Mestrado. Universidade Estadual Paulista. Rio Claro: UNESP, 2015. 174f.

AZANHA, José Mario Pires. O estudo do cotidiano: alguns pontos a considerar.

Cadernos CERU, nº 5 – Série 22 – p. 32-35, EDUSP- FAPESP, 1994.

AZEVEDO, Heloisa Helena Durval de; OLIVEIRA, Neiva Afonso. Filosofia e Educação (Online) v. 2, nº 2, Out. 2010. p. 182 – 198. Mar. 2011. Campinas, São Paulo. Disponível em:< http://ojs.fe.unicamp.br/ged/rfe/article/view/2167/2036 >. Acesso em 02, fev. 2018.

BAUMAN, Zygmunt. Ética pós-moderna. São Paulo: Paulus, 1997.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BENJAMIN, Walter. Experiência e pobreza. Magia e técnica, arte e política; ensaios sobre literatura e história da cultura. In: Obras escolhidas. São Paulo: Brasiliense, vol., 1994.

BOURDIEU, P. “A escola conservadora – as desigualdades frente à escola e a cultura”, Educação em Revista. Belo Horizonte, n. 10, p. 3-15, dez. 1989.

BOURDIEU, P. Escritos de Educação. Petrópolis: Vozes, 1998

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. São Paulo: Cortez, 1990. 181p.

CANDAU, V.M.F. Sociedade, Cotidiano Escolar e Cultura(s): uma aproximação.

Educação & Sociedade, ano XXIII, n. 79, Agosto/2002. p. 125- 161.

CANDAU, V.M.F; MOREIRA, A. F. B. Educação escolar e cultura(s): construindo caminhos. Revista Brasileira de Educação. Maio/Jun/Jul/Ago nº 23, 2003.

CHARLOT, Bernard. O sujeito e a relação com o saber. In: Raquel Lazzar Leite Barbosa (org.). Formação de Educadores: desafios e perspectivas. Editora Unesp, 2003.

CHARLOT, Bernard. Conferência Educação e Globalização: uma tentativa de colocar ordem no debate. Revista de Ciências da Educação. nº 4. out/dez. Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Lisboa. 2007.

GATTI, Bernadete Angelina. Pós-modernidade, educação e pesquisa: confrontos e dilemas no inicio de um novo século. Psicologia da Educação, São Paulo, 20, 1º semestre de 2005.

GUIMARÃES-IOSIF, R. Política e governança educacional: contradições e desafios na promoção da cidadania. Brasília: Liber Livro; Universa, 2012.

JAMESON, Frederic. Pós-modernismo: lógica cultural do capitalismo tardio. Editora Ática, 1997.

LINHARES, Célia Frazão Soares. Trabalhadores sem trabalho e seus professores: um desafio à formação docente. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 73, n. 173, p.105-130, jan./abr. 1992.

LIPOVETSKY, Gilles. A Era do Vazio. Barueri, SP: Manole, 2005.

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. Rio de Janeiro: José Olympio, 2008.

LYOTARD, Jean-François. O Pós-Moderno explicado às crianças. Lisboa, Dom Quixote, 1987.

MAFFESOLI, M. Dinâmica da violência. Trad. C. M. V. França. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 1987. (Biblioteca Vértice: v.7).

MAFFESOLI, M. Elogio razão sensível. Petrópolis: Vozes, 1998.

MAFFESOLI, M. O Tempo das Tribos: O declínio do individualismo nas sociedades de massa. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1998.

OLIVEIRA, Aramiz; PERES, Mara. Conflitos Pós-Modernos: Bullying ou Violência Escolar. 21º CONGRESSO DE INICIAÇÃO CIENTIFICA/ 4ª MOSTRA CIENTÍFICA. Universidade Federal de Pelotas, 2012.

PATTO, M. H. S. O conceito de cotidianidade em Agnes Heller e a Pesquisa em Educação. CICLO DE CONFERÊNCIAS SOBRE A ESCOLA DE FRANKFURT. Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, Campus de Araraquara, 1990. Perspectivas, São Paulo, 16: 119-141, 1993.

PENIN, S. Cotidiano e Escola: a obra em construção. São Paulo: Cortez, 1989.

SALLES, L. M. F.; SILVA, J. M. A de P.(org) Jovens, Violência e escola: um desafio contemporâneo. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010.

SÃO PAULO (Estado). Decreto n.º 52.625, de 15 de janeiro de 2008. Regulamenta o uso de telefone celular nos estabelecimentos de ensino do Estado de São Paulo. Disponível em: < http://www.legislacao.sp.gov.br/legislacao/index.htm >. Acesso em 08, fev. 2018

SANTOS, Jair Ferreira dos. O que é pós-moderno. São Paulo: Brasiliense, 1986

SAVIANI, Demerval. Escola e Democracia: teorias da educação, curvatura da vara, onze teses sobre educação e política. 33.ª ed. revisada. Campinas: Autores Associados, 2000.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 REVISTA COMMUNITAS

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

     Licença Creative Commons Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional

REVISTA COMMUNITAS - ISSN: 2526-5970 - Publicação Semestral do Grupo de Pesquisas em Memórias, Identidades, Currículos e Culturas vinculado ao Centro de Educação e Letras da Universidade Federal do Acre.