Toxicovigilância de drogas de abuso em estudantes do ensino médio de Ji-Paraná, Rondônia

Romário Alves Mota, Tiago Barcelos Valiatti, Jeferson de Oliveira Salvi

Resumo


O presente estudo objetivou caracterizar as principais drogas de abuso, utilizada pelos adolescentes em uma escola pública na cidade de Ji-Paraná/RO. Realizou-se estudo descritivo e transversal, desenvolvido por meio do levantamento de dados aplicando-se o questionário de triagem do envolvimento com álcool, tabaco, e outras substâncias (ASSIST). Considerando como critério de inclusão a apresentação do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido com apresentação do responsável legal, totalizando uma amostra de 154 alunos. Os resultados obtidos foram que, mais da metade, 55% da amostra já haviam consumido álcool ao menos uma vez na vida, e 16% dos participantes relataram o uso do tabaco, os participantes que declaram ter utilizado tanto o álcool e o tabaco foram 12,8%. Na pesquisa foi possível correlacionar o uso de drogas com problemas de saúde, influências nas atividades cotidianas dentre outros. A cocaína foi a droga que apresentou a maior frequência relativa associada diretamente aos problemas de a saúde. Os resultados deste estudo podem ser analisados por outros autores, com a finalidade de produzir novos trabalhos para tentar entender o consumo das drogas nas escolas. Podendo assim identificar os tipos de fatores que levam os adolescentes a utilizarem cada vez mais drogas lícitas e ilícitas com o objetivo de sentir prazer ou fugir dos problemas que o indivíduo possa estar submetido em seu momento de vida.


Palavras-chave


Drogas, ASSIST, Toxicovigilância, Adictos.

Texto completo:

PDF

Referências


SANCEVERINO, S.L; ABREU, J.L.C.. Aspectos epidemiológicos do uso de drogas entre estudantes do ensino médio no município de Palhoça 2003. Ciênc. saúde coletiva, v. 9(4), p. 1047-1056, 2004.

CARLINI-COTRIM, B; GAZAL-CARVALHO, C; GOUVEIA, N. Comportamento de saúde entre jovens estudantes das redes pública e privada da área metropolitana doestado de São Paulo. Rev. Saúde Pública,v.34(6), p. 636-645, 2000.

OBSERVATÓRIO BRASILEIRO DE INFORMAÇÕES SOBRE DROGAS – (OBID). Álcool [Online] Disponível em: .Acesso em 23Abril de 2015.

MACHADO, L.V; BOARINI, M.L. Políticas sobre drogas no Brasil: a estratégia de redução de danos. Psicol. cienc. prof., v.33(3), p. 580-595, 2013.

LAPEYRE-MESTRE, M; DUPUI, M. Drug abuse monitoring: which pharmacoepidemiological resources at the European level?. Therapie, v.70(2), p.157-165, 2015.

PRATTA, E.M.M; SANTOS, M.A. Levantamento dos motivos e dos responsáveis pelo primeiro contato de adolescentes do ensino médio com substâncias psicoativas. SMAD, Rev. Eletrônica Saúde Mental Álcool Drog., v.2(2), p.1-17.

SWIFT, R.M; LEWIS, D.C. Farmacologia da Dependência e Abuso de Drogas. Disponivel em :

http://leg.ufpi.br/subsiteFiles/lapnex/arquivos/files/Farmacologia%20da%20dependencia%20e%20abuso%20de%20drogas.pdf . [Acesso em: 9 nov 2015]

BICCA, C; PEREIRA, M. S; GAMBARINI, M. A. Conceitos, Diagnósticos e Classificação. In: PULCHERIO, G; BICCA, C; SILVA, F. A. (Orgs). Álcool, outras drogas, informação: o que cada profissional precisa saber. São Paulo: Casa do Psicólogo, p. 3-14, 2002

BUCHER,R. Drogas e drogadição no Brasil. Porto Alegre: Artmed, 1992.

SANTOS, F.H; ANDRADE, V.M; BUENO, O.F.A. Neuropsicologia hoje. Porto Alegre: Artmed, 2004.

PAVANI, R.A.B; SILVA, E.F; MORAES, M.S; NETO, F.C. Caracterização do consumo de maconha entre escolares do ensino médio de São José do Rio Preto, SP, Brasil, 2003. Rev Bras Epidemiol., v.10(2), p. 157-167, 2007.

BRASIL.Programa Educacional de Resistência às Drogas. Disponivel em: < http://www.proerd.rn.gov.br/Conteudo.asp?TRAN=ITEM&TARG=2168&ACT=&PAGE=0&PARM=&LBL=proerd%2Frn>. [Acesso em: 03 nov 2015]

BRASIL. Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006.

HENRIQUE, I.F.S; MICHELI, D; LACERDA, R.B; LACERDA, L.A; FORMIGONI, M.L.O.S. Validação da versão brasileira do teste de triagem do envolvimento com álcool, cigarro e outras substâncias (assist). Rev Assoc Med Bras, v.50(2), p.199-206, 2004.

BRASIL; Ministério da saúde. Resolução nº 466/12 . Disponivel em :< http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/cns/2013/res0466_12_12_2012.html>. [Acesso em: 17 nov 2015]

GIACOMOZZI, A.I; ITOKASU, M.C; LUZARDO, A.R; FIGUEIREDO, C.D.S; VIEIRA, M. Levantamento sobre uso de álcool e outras drogas e vulnerabilidades relacionadas de estudantes de escolas públicas participantes do programa saúde do escolar/saúde e prevenção nas escolas no município de Florianópolis. Saúde Soc., V.21(3), p.612-622, 2012.

BRASIL: Relatório Brasileiro sobre drogas. Disponivel em:< http://www.escs.edu.br/arquivos/DrogasResumoExecutivo.pdf>. [Acesso em: 10 nov 2015]

PEUKER, A.C; ROSEMBERG, R; CUNHA, S.M; ARAÚJO, B.L. Fatores associados ao abuso de drogas em uma população clínica. Paidéia (Ribeirão Preto), v. 20(46), p. 165-173, 2010.

BRASIL. Decreto n. 3.221, de 27 de junho de 2014. Regulamenta a lei municipal nº 2.601 de 6 de janeiro de 2014. Disponivel em:< http://www.ji-parana.ro.gov.br/up/arquivos/2014/atos/AO_5200_509e7368bde001cadb1b94a27f8f9e3f.pdf. [Acesso em: 28 out 2015]

TOCKUS, D; GONCALVES, P. S. Detecção do uso de drogas de abuso por estudantes de medicina de uma universidade privada. J. bras. psiquiatr., v. 57(3), p. 184-187, 2008.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.