AMAZÔNIA: para além da abordagem de última fronteira

RAVELA DE SOUZA MARINHO

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo contextualizar a Amazônia visto de diferentes olhares, de acordo com cada governo e como as estratégias de ocupação da Amazônia se diversifica e ganha novos arranjos, é sobre essas diferentes formas de abordagem que vamos construir o conceito de fronteira amazônica e suas estratégias de ocupação e uso através da construção de megaprojetos para o desenvolvimento da região e consequentemente a inclusão do mesmo no cenário internacional.


Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, José. A revolta dos trabalhadores em Jirau (RO): Degradação do trabalho represada na produção de energia elétrica na Amazônia.2014.671f. Tese de doutorado em geografia: Universidade estadual paulista. Faculdade de ciências e tecnologia. Presidente Prudente,2014.

BECKER, Bertha K. Amazônia. 2. ed. São Paulo: Editora Ática – Série Princípios, 1991.

BECKER, B. K; MIRANDA, M; MACHADO, L.O. Fronteira Amazônica: Questões sobre o gestão do território. Rio de Janeiro: Editora Universidade de Brasília, 1990.

BENCHIMOL, Samuel. Amazônia: a guerra na floresta. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira S. A. 1992.

COSTA, Wanderley Messias de. O Estado e as Políticas territoriais no Brasil. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2011.

MARTINS, José de Souza. Fronteira: a degradação do outro nos confins do humano. 2.ed. rever. Atual. São Paulo: contexto, 2009.

PORTO-GONÇALVES, Carlos Walter. Amazônia: encruzilhada civilizatória tensões territoriais em curso. Rio de Janeiro: Editora Consequência, 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.